Image Image Image Image Image Image Image Image Image Image

ame arquitetura | July 22, 2019

Scroll to top

Top

No Comments

10 curiosidades sobre Louis Vuitton

amearquitetura

Fui convidada pela Louis Vuitton para assistir uma palestra ministrada pelo Bruno Astuto sobre a história da marca. O Bruno, além de ser inteligentíssimo, é uma pessoa que vai relatando os fatos de maneira super interessante, eu poderia ter ficado mais algumas horas ouvindo ele contar cada um dos pedidos inusitados que já foram feitos a Louis Vuitton…

Fotor01008182452

 

Após sair da sua cidade e chegar a Paris a pé (isso mesmo ele foi andando de Anchay, no interior da França, até a cidade luz!!!!), Louis Vuitton trabalhou como empacotador. Após algum tempo decidiu fundar a LV, com o objetivo de produzir malas-baú para viagens (no século XIX, com as ferrovias, as viagens começaram a ser tornar mais constantes) abrindo sua primeira loja em 1854, perto da Place Vendome. Nesta mesma época o Imperador Napoleão III (sobrinho neto do Napoleão I) casou-se com a Imperatriz Eugenie, uma mulher super consumista e que ditou a moda da época. Competencia aliada a sorte fez com que Eugenie adorasse as malas que encomendou a Vuitton e este caiu nas graças da sociedade da época, sendo requisitado em toda a Europa.

A partir daí, a Louis Vuitton passou a adaptar as necessidades de cada época e as malas eram feitas de acordo com a vontade de cada cliente. De lá para cá, as demandas mudaram, mas a maneira com que o cliente é tratado, não. Existem ainda dois serviços na Louis Vuitton, ao preço que se puder pagar por eles, claro, que são feitos com muita dedicação!! O “made by order” que permite a variação de itens selecionados da coleção permanente, podendo mudar cores, materiais, colocar as iniciais na peça… Em Paris este serviço dura aproximadamente 4 semanas, se o pedido for feito no Brasil, são no mínimo 6 semanas. Já o “custom made” é a encomenda de um produto onde a empresa e o cliente desenvolvem juntos, assinam um termo de exclusividade e um único artesão é quem produz, podendo levar meses para ser concluído. Em ambos os casos, a produção é feita em Asnieres, onde fica o atelier da marca, em um prédio lindo, todo em Art Nouveau, unico para a linha de produção personalizada. Vamos adiante a evolução das necessidades e alguns pedidos exentricos feitos a Louis Vuitton.

 

1) Com muitas de suas malas sendo copiadas, Georges Vuitton teve a ideia de criar o monograma LV para identificar a marca da sua família. A flor com quarto pontas tambem representa a Louis Vuitton.

Fotor01008202546

 

2) No século XIX havia um mágico super famoso que rodava a Europa com seu circo e se recusou a desafiar as fechaduras do baú Louis Vuitton, quando lhe foi proposto. Por outro lado, a família Rancy (também do circo), se utilizou de um baú Louis Vuitton para trazer um ponei para seu espetáculo.

louis-vuitton-trunks-3

 

3) A Mala-Cama de 1905 foi feita a pedido do explorador do Congo, De Brazza. O explorador presenciou atos de crueldade do então Rei Leopoldo II, e escreveu um dossier relatando as atrocidades que o rei fazia com os africanos. Quando morreu, De Brazza havia deixado este relatório dentro da sua mala-cama da Louis Vuitton, com fechadura hermetica. Como as autoridades nao podiam arrombar a mala, tiveram que pedir que Georges Vuitton (filho de Louis) abrisse ja que era o unico que teria como fazer isso, e assim o relatorio pode ser divulgado.

louis_vuitton_bed-trunk_in_damier_canvas_1891_les_arts_decoratifs_c_jean_tholance

 

4) Mala para carregar a Enciclopédia Britanica (1911).

louis-vuitton_100_legendary_trunks-2

 

5) Caixa de Primeiros Socorros, começou a ser produzida em 1914, durante a Primeira Guerra Mundial. Hoje, o representante da 5a geração Vuitton, Patrick fez a releitura abaixo:

maleta-de-medico

 

6) Houve uma época em que prova de amor era ganhar um bouquet de flores dentro de uma maletinha Louis Vuitton… Depois a felizarda poderia ir até a loja e personalizar a malinha para a função que quisesse… #ficaadica hahahaha

louis-vuitton_100_legendary_trunks-4

 

7) Em 1938, o Rei George VI (o rei gago da Inglaterra) foi a Paris em sua primeira visita como rei a cidade. Como as princesas Elisabeth (atual rainha) e Margareth ficaram na Inglaterra, o governo frances reuniu as melhores marcas de Paris para fazer duas bonecas, que tinha inclusive enxoval de roupas, perfume Guerlain, make da Lancôme… E este enxoval chegou as maos das princesas em duas malinhas Louis Vuitton feitas para as bonecas France e Marianne. Fofo, ne… Porém, como estavam em plena 2a Guerra Mundial, ao chegar em Paris, o Rei George IV fez uma exposição com as bonecas e seus acessorios, arrecadando dinheiro para doações. A primeira mala para bonecas foi feita em 1865.

954b44a2946bc07cb001bc5522bf3925

 

8) Em 1952 a British Aerial Transport fez seu primeiro voo de jet, então o uso de aviões ja fica mais disseminado. Vendo isso, a Louis Vuitton passou a fazer as malas mais leves, de couro. Foi nessa época que destinos como Capri, Sardegna, Marrakesh, St. Tropez, entre outros, passaram a ser mais acessíveis pela facilidade de se chegar pelo ar.

untitled

 

9) Em 2004, para comemorar os 150 anos da Louis Vuitton, foi feito um concurso para designers imaginarem algo inusitado para se levar em uma mala Louis Vuitton. O ganhador foi o idealizador da mala-chuveiro (1)!! Karl Lagerfeld tambem fez sua encomenda “custom made” e, só um pouco exagerado, pediu um case que coubessem 80 ipods, além das caixas… Marc Jacobs, em capanha a favor dos animais, produziu este transportador de animais pequenos para leilão na Sotheby´s. A renda das sete cases para animais foi para a Red Cross (Cruz Vermelha).

Fotor01009120423

 

10) Em 2010, a FIFA pediu a Louis Vuitton que desenvolvesse uma mala baú para transportar a Taça do Mundo, com fechaduras herméticas e muito estilo para a Copa de 2010. Toda envelopada com o monograma LV, forrada por dentro em veludo marrom. A LV produziu tambem luvas para o manuseio da Taça FIFA.

Fotor0100823323

 

Quando dizem que existe um mundo a parte… o céu é o limite!!!

 

Submit a Comment

Or