Image Image Image Image Image Image Image Image Image Image

ame arquitetura | June 25, 2018

Scroll to top

Top

No Comments

Japão na Casa Cor 2016

Japão na Casa Cor 2016
amearquitetura

Um ambiente pensado nos mínimos detalhes, é essa a primeira impressão que tive ao entrar na Unidade Shoji 04, ambiente do escritório carioca Yamagata Arquitetura na Casa Cor São Paulo 2016. Como já conhecia a Paloma Yamagata, uma dos três profissionais que são sócios no escritório, sabia da ligação da arquiteta com a cultura japonesa! Mas na Casa Cor, o coletivo tira partido de um Japão sem folclores para abordar questões elementares do lifestyle contemporâneo no caos da metrópole. E ficou delicado, e muito bonito!


ame arquitetura Casa Cor yamagata


Com 12 anos de riscado, o escritório Yamagata Arquitetura acaba de entrar em novíssima fase. Para marcar a abertura da filial paulistana da grife e a adesão de dois associados (o designer de interiores Bruno Rangel – um dos vertices da trajetória de sucesso da marca – e o consultor de estilo Aldi Flosi), a sócia-fundadora Paloma Yamagata, veterana das edições cariocas da Casa Cor (com quatro participações no currículo que lhe renderam dois prêmios), apresenta uma proposta autêntica e original que conecta suas próprias raízes a alguns dos fundamentos mais elementares da arquitetura urbana: otimização de espaço, sustentabilidade, ergonomia e poesia.


 

ame arquitetura Casa Cor yamagata


 

ame arquitetura Casa Cor yamagata


Casa Cor ame arquitetura yamagata


 

Enquanto a vida nas megalópoles atravessa tempos coléricos, o trio encapsula conceitos como paz, calmaria, design e ergonomia neste ambiente urbano, atemporal e com forte influência nipônica. Assim, a unidade batizada de “Shoji 04” se desenvolve em 84 metros quadrados que remetem aos pequenos e aconchegantes espaços do Japão, mas sem floclores étnicos: a caixa poderia estar inserida em qualquer cidade cosmopolita, na Ásia, na Europa, na África, na Oceania ou nas Américas. Na prática, um grande volume de madeira absorve cozinha, banheiro e quarto, organiza o projeto espacialmente e deixa a luz entrar generosamente, em conexão com os preceitos de sustentabilidade e conexão com a natureza. O mesmo volume parece repousar delicadamente paralelo a uma grande galeria onde se distribuem as áreas sociais de estar e jantar.

ame arquitetura Casa Cor arquitetura yamagata



ame arquitetura deca Casa Cor yamagata


ame arquitetura Casa Cor yamagata deca


A delicadeza da arquitetura japonesa e os painéis de shoji, usados para setorizar e dividir as áreas nas casas orientais, foram algumas das referências para a formatação deste volume. A filosofia estética oriental do Wabisabi, onde a beleza das imperfeições é altamente valorizada, também estão presentes neste oásis metropolitano que tem a paciência do branco como cor predominante nas lajes de concreto, elementos industriais e paredes patinadas pela ação do tempo.


ame arquitetura Casa Cor yamagata


 

ame arquitetura Casa Cor yamagata


ame arquitetura Casa Cor yamagata


A marcenaria (uma das principais assinaturas da Yamagata Arquitetura) é tradicional, feita com caixotes estilizados e alinhada à distribuição informal do mobiliário, imprimindo uma atmosfera elegante que garante mistura inusitada e reforça o conceito nipo-industrial. Um mix de temperaturas, texturas e percepções: madeira clara, ladrilho hidráulico, mármore e metal. A curadoria de arte traz a assinatura de Alessandro Sartore, reunindo obras de artistas com prestígio universal, alma e RG carioca. Mas, de novo, sem aparthaids geográficos, olhando para a casa contemporânea de uma forma muito mais zen, que interpreta no espaço doméstico uma narrativa moderna de valores ancestrais.


ame arquitetura Aline Araujo Casa Cor  yamagata


 

 

ame arquitetura Casa Cor Aline Araujo yamagata


ame arquitetura Aline Araujo Casa Cor yamagata

 


 

ame arquitetura Casa Cor yamagata


Sobre o Yamagata Arquitetura


Nas pranchetas do estúdio Yamagata Arquitetura, transpor fronteiras é algo tão natural quanto os traços firmes que saltam de seus croquis para se materializar em projetos de grande expressão. Tem sido assim há 12 anos, desde que o escritório despontou em Niterói para se tornar um teaser quase instantâneo de residenciais, corporativos e empreendimentos para grandes construtoras. Em novíssima fase, o escritório-boutique incorpora dois sócios: o designer de interiores Bruno Rangel, que atuou com a própria Paloma, ajudou a consolidar a marca entre 2004 e 2007, e retornou em 2012; e Aldi Flosi, consultor de estilo, curador e set designer conhecido por produções memoráveis em revistas como AD, Casa Vogue e Casa Cláudia. Do conceito à entrega, todos participam intrinsecamente de todas as fases, mas cada um foca naquilo que faz de melhor: Paloma na Arquitetura, Bruno nos Interiores e Aldi na Finalização – em síntese simplista.


Casa Cor yamagata ame arquitetura


Sobre a Casa Cor SP


Período: 17 de Maio a 10 de Julho de 2015
Local: Jockey Club de São Paulo
Av. Lineu de Paula Machado, 1.173, Cidade Jardim – São Paulo – SP
Horário de Funcionamento
Terça a Sábado das 12h às 21h00.
Domingos e Feriados das 12h às 21h30.
INGRESSO
Os preços variam de R$26 a R$150, confira a lista completa no site;
www.casacor.com.br


Arigatô,

Aline Araujo

Submit a Comment

Or