Image Image Image Image Image Image Image Image Image Image

ame arquitetura | July 22, 2019

Scroll to top

Top

No Comments

Como se programar para a Maison Objet

Como se programar para a Maison Objet
amearquitetura

Dia 22 de janeiro de 2015, três da tarde. Decido, de última hora, ir para a Maison Objet em Paris, que começaria no dia seguinte. Liguei para a Air France e consegui remarcar um bilhete que não havia usado et… voi la! As 22:30 estava embarcando no Galeão, rumo a cidade luz! Mas toda essa correria me fez perceber que sem programa, fica muito complicado ir a um evento deste porte. Eu não consegui “estudar” o que ver, nem mesmo saber em qual dos 8 halls estariam os stands que me interessavam.

Cheguei, passei na casa da minha amiga querida Zaida Brigido, que me hospedou; e corri para a Maison – detalhe: não tinha ideia que ficava a uns 30 minutos de trem de Paris, duas estações antes do Charles de Gaulle. Quase não fui neste dia, um frio de -3C e uma certa preguicinha, mas decidi ir (ainda bem!!). Fui direto para o concierge para me cadastrar como imprensa, o que não é fácil, se não for feito com antecedência. Tive sorte, porque assim que resolvi ir a Paris, mandei um email para o Philippe Brocart, CEO da Maison e ele me respondeu. Com esse email pude “provar” que havia sido convidada e eles aceitaram meu cadastro.

Apresentação da Maison Objet Americas. Philippe Brocart e o designer homenageado Zanini de Zanine

Apresentação da Maison Objet Americas. Philippe Brocart e o designer homenageado Zanini de Zanine

Saindo da Press station fui assistir a apresentação da Maison Objet Americas e seu designer homenageado, Zanini de Zanine. E encontrei a Roberta Queiroz e Andre Poli, da Velvet Design, que representam a Maison por aqui. Pela ajuda deles, fiquei por dentro dos eventos para a imprensa, que conto depois! A apresentação feita por Philippe Brocart era aberta ao público, e reuniu designers e arquitetos que estavam visitando a feira. Neste mesmo dia o Nendo, que foi o designer eleito pela edição de Paris, estava em seu stand.

Zanini, Roberta Queiroz da Velvet Design e Féderick Bogarde

Zanini, Roberta Queiroz da Velvet Design e Féderick Bogarde

Todos os anos a feira tem um tema específico, que vai nortear a concepção dos stands e apresentar designers, descobertas de materiais, produtos… enfim. Este ano o tema foi MAKE (também será em setembro, na edição de verão da Maison). O MAKE significa itens que são feitos a mão, ou que usam materiais naturais. Novas maneiras de se expressar através do manual, indo na contramão do que vem sendo feito hoje. A Maison, em 2015, completa 20 anos e é um sucesso internacional, com presença dos melhores jornalistas do mundo e parte do calendário mundial de feiras must go!

Vamos ao que interessa: a feira é dividida em 8 Halls, são eles:

Hall 1 – Etnico Chic (Home Decor)

 No Etnico Chic são apresentado produtos manufaturados mesmo, artistas plásticos, artesãos, objetos feitos com esse cuidado de serem únicos, mesmo fazendo parte de um todo.

Muitos dos stands tinham artistas fazendo na hora os objetos. Feitos a mão: hall 1

Muitos dos stands tinham artistas fazendo na hora os objetos. Feitos a mão: hall 1

Hall 2 – Tecidos para a Casa

Todo tipo de tecido, para cortinas, toalhas, roupas de cama, tapetes… Muita coisa!

Adorei essas argolas segurando as toalhas... Tecidos em geral no hall 2

Adorei essas argolas segurando as toalhas… Tecidos em geral no hall 2

Hall 3 – Cook + Design

Este hall é super interessante porque une o design com o gourmet. Alguns stands apresentam receitas, feitas na hora por algum chef. Fora os objetos que são feitos especialmente para a arte de cozinhar. Inovações para a cozinha também são vistas aqui.

Tudo para cozinhas: hall 3

Tudo para cozinhas: hall 3

Hall 4 – Interior Decoration

Tudo para decorar uma casa. Desde objetos, a iluminação, móveis…

Objetos para a casa no Hall 4

Objetos para a casa no Hall 4

Hall 5A – Interior Decor + Papelaria + Acessórios para a Casa + L´Espace Retail

Continuação da decoração de interiores, somando a papelaria. Bem diversificado.

Itens de papelaria, além de decoração de interiores do Hall 5A

Itens de papelaria, além de decoração de interiores do Hall 5A

Hall 5B – Inovações + Business Lounge

As maiores novidades são apresentadas neste hall, que também abriga o Business Lounge, um lugar onde fornecedores e visitantes podem marcar reuniões, ou participar de eventos promovidos pela Maison para criação de networking.

Inovações no Hall 5B

Inovações no Hall 5B

Hall 6 – Acessórios para a Casa + Mundo Infantil + Fragrâncias e SPA + Objetos do Cotidiano e da Moda

Gigantesco e muito diversificado este hall. Não gostei muito de alguns itens, acho que poderia ter uma curadoria melhor para selecionar os participantes. Ou, se for realmente imprescindível que haja este hall, que seja realocado para o Hall 8, permitindo um fluxo melhor entre o hall 1 e 7. Passar pelo 6 para chegar ao 7 ficou bem desgastaste. De qualquer maneira, é de uma variedade de produtos oferecidos, desde velas, a brinquedos, mosaicos espelhados, tudo que pensar!

De tudo um pouco: hall 6

De tudo um pouco: hall 6

Hall 7 – Grandes Marcas de Luxo + Design de Interior + Projetos da Maison Objet + Galeria

Meu hall preferido!! Ambientações de espaços feita pelas melhores marcas e designers do mundo. Fiquei muito tempo percorrendo os corredores deste hall.

Missoni Casa é um dos expositores do Hall 7

Missoni Casa é um dos expositores do Hall 7

Hall 8 – Now! Design a vivre! + Imprensa + Le Club (parceiros e fornecedores).

Muito criativo, este hall abriga as novidades e os designers homenageados da edição. Os novos talentos, e o eleito designer do ano, Nendo; expuseram no hall 8. Fora isso, tem o Le Club que é onde os executivos da Maison recebem seus convidados, com um restaurante e um lounge. Faz se um bom networking no Le Club também, já que muitos dos expositores, jornalistas, designers e arquitetos do mundo todo passam por lá em algum momento.

Adorei o Le Club. Muito bem organizado e com um receptivo de primeira!

Adorei o Le Club. Muito bem organizado e com um receptivo de primeira!

Submit a Comment

Or