Image Image Image Image Image Image Image Image Image Image

ame arquitetura | July 22, 2019

Scroll to top

Top

One Comment

OliOli Milan Experience | Day Four

OliOli Milan Experience | Day Four
amearquitetura

Como a OliOli também representa o lifestyle, a Ale, Duda e Marcos foram para o Lago de Como, que fica a 50 minutos de trem do centro de Milão (o máximo né). Mas durante a Design Week de Milão, eu particularmente não consigo me afastar para fazer um passeio fora do roteiro de design. Vocês vão me perguntar sobre o Passeio Deca, que fiz anteontem, mas é bem diferente porque, embora estejamos em um lugar afastado, todo o grupo pertence ao decor e arquitetura. Isso muda tudo, porque conversamos bastante sobre o que já vimos e o que podemos ver. É uma interação constante. Super legal!


Enfim!! Sou ligada nos 220 volta com foco no design, então… Como estava sem meus parceiros OliOli, fui encontrar a Andrea Costa do D&D Shopping para fazermos um FuoriSalone juntas. Nos encontramos na Triennale di Milano, que foi um dos hits FuoriSalone deste ano. Exposições repletas de design art, em um lugar lindíssimo.



Triennale di Milano


Desde 1996 a Triennale de Milano não tinha sua edição especial.

Desde 1996 a Triennale de Milano não tinha sua edição especial.

Triennale di Milano é um museu de design e arte no Parco Sempione. A construção original era parte do Palazzo dell’Arte, que foi projetado por Giovanni Muzio e construído entre 1931 e 1933.


Abriga exposições e eventos que destacam o design contemporâneo italiano, planejamento urbano, arquitetura, música e artes multimedia, enfatizando a relação entre arte e indústria. O museu também abriga o Collezione Permanente, uma coleção de objetos significativos no design italiano contemporâneo.


O museu tem sido o local para La Triennale di Milano (“a exposição trienal de Milão”). Reconhecido pelo Bureau Internacional de Exposições, este grande exposição foi realizada treze vezes até 1996, e a última foi esta que visitamos, durante a Semana de Design de Milão em 2016.


Para andar em Milão, aconselho usar tênis se estiver sol e bota na chuva! O dia estava lindo e esse look foi perfeito. Casual e arrumadinho!

Para andar em Milão, aconselho usar tênis se estiver sol e bota na chuva! O dia estava lindo e esse look foi perfeito. Casual e arrumadinho!


 

As instalações são incríveis, muita criatividade neste túnel design!

As instalações são incríveis, muita criatividade neste túnel design!


 

Eu e a Dea chegamos e fomos direto para a exposição Subtle, que ficou em cartaz de 2 a 17 de abril. A Subtle faz parte da Takeo Paper Show, evento anual que usa o papel como matéria prima para obras de arte. Na verdade é bem minimalista, quase imperceptível a mensagem que cada folha milimetricamente recortada nos passa. Mas de uma sensibilidade e força impressionantes. Foi a nossa preferida, e de muita gente com quem conversei também.


TAKEO-SUBTLE

TAKEO-SUBTLE


 

Flor feita com papel, olhem que impressionante. E é pequenininha, com uns 4 centímetros!

Flor feita com papel, olhem que impressionante. E é pequenininha, com uns 4 centímetros!

Milhões de micro bonequinhos de papel.

Milhões de micro bonequinhos de papel.


Além da Subtle, haviam muitas outras exposições, como a história do Salone del Mobile (Salão do Móvel), que em 2016 completou 55 anos. Haviam algumas peças expostas de designers coreanos, outra exposição que se chama W. – a mulher no design italiano; e a Rooms – living concepts que também era super bacana. Mostrava maneiras inusitadas de se morar, conceitos de viver – como um urso, ou quem vive em uma casa minúscula, enfim… Bem conceitual mas interessante tanto para quem é mais ligado ao design quanto os que são da arquitetura.


Ambiente reproduzido na Triennale di Milano

Ambiente reproduzido na Triennale di Milano


 

Tive que deixar uma homenagem a minha Manubela, aqui em Milano!

Tive que deixar uma homenagem a minha Manubela, aqui em Milano!


Exposição com a cronologia do tempo na arquitetura.

Exposição com a cronologia do tempo na arquitetura.


 

 



Saindo da Triennale, eu e Andrea fomos encontrar a Mariana Amaral e o Glaucio Oliveira, marido da Mari no Istituto Marangoni. É sempre um prazer visitar uma das unidades do Marangoni, até porque já fui aluna do Istituto e sou fã. Mas este prédio, no centro de Milão – a capital mundial do design – e com projeto do Guido Capellini é um must see para todos que amam arquitetura e design. Fora que é a unidade deles completamente voltada para o design, com exposições dos alunos, salas com computadores high techs, bibliotecas de materiais… Um luxo!!


Ah, e todos os anos, após a feira de Milão, o Istituto Marangoni promove um curso rápido, de 2 semanas para profissionais se aprimorarem e trazerem na bagagem não só a experiência da feira e fuorisalone como as maneiras de se aplicar tudo o que viu por aqui nos projetos. É muito enriquecedor, ainda não fiz por pura falta de tempo, mas Ana Beatriz Fadul e Patrícia Netto, arquitetas cariocas e minhas amigas, não tem como me deixar mentir, fizeram o ano passado e fiquei sabendo que foi maravilhoso.


Piazza Duomo, com o Duomo di Milano na lateral e a Galleria Vittorio Emanuele ao fundo

Piazza Duomo, com o Duomo di Milano na lateral e a Galleria Vittorio Emanuele ao fundo


Como já estacamos bem no centro de Milão, resolvemos almoçar nos arredores do Duomo. Em Milão precisamos almoçar até as 14hs porque a grande maioria dos restaurantes fecham as 15hs. E, para variar já eram 14hs30min e ainda não havíamos comido nada! Fome em Milão durante o Salão do Móvel é algo normal para mim!!! Afff… Após muito procurar, acabamos no super tradicional Biffi, dentro da Galeria Vittorio Emmanuele. É um clássico da gastronomia milanesa, e os pratos fartos nos preparam para a maratona. Sentamos os quatro na varanda que dá para a linda Galeria, que foi construída para ligar a Praça Duomo ao Teatro Scala. Imaginem na época, as mulheres com aqueles vestidos, homens de chapéu e bengala atravessando a Galeria para ver óperas e concertos… Nostalgia do que não vivi!! Oh meu Deus!


Milão e seus totens comemorativos pelos 55 anos do Salone del Mobile

Milão e seus totens comemorativos pelos 55 anos do Salone del Mobile


Depois do almoço fomos ver a exposição do Nendo, as 50 Mangá Chairs desenhadas pelo designer japonês no Palazzo Courtyard, no Chiostro Minore di San Simpliciano. Um trabalho maravilhoso que Nendo fez para a Galeria de Nova Iorque Firedman Benda. Valeu muito a visita.


As 50 Mangá Chair de Nendo

As 50 Mangá Chair de Nendo


 

 


Logo na saída conseguimos ver o Fuori Salone da Foscarini Lamps – que estão lindíssimas!! Embora este não seja um ano de EuroLucce, a Foscarini se superou. A ambientação da exposição deles também era diferente e rendeu boas fotos. Super geométricas, as lâmpadas se destacavam no fundo colorido, criando jogos de luz.


Foscarini no Fuori Salone

Foscarini no Fuori Salone


E como temos que fazer tudo em um dia, convencemos a Mari e o Glaucio a irem com a gente ver Paola Lenti. Uma salva de palmas para a experiência que é ir ao Show Room de Paola em Milão. Uma espécie de chácara, repleta de verde e flores, com o mobiliário lindíssimo em cordas, um clima agradável…


Pátio interno do showroom de Paola Lenti em Milão! Lugar que transmite paz.

Pátio interno do showroom de Paola Lenti em Milão! Lugar que transmite paz.


 

Coleção outdoor com as famosas cordas de Paola Lenti

Coleção outdoor com as famosas cordas de Paola Lenti


 

 


É um dos meus programas preferidos de FuoriSalone, me dá muita paz visitar este lugar. E, de quebra, como somos da imprensa, ganhamos uma bolsa em corda Paola Lenti lindíssima e fomos convidados a entrar em uma área restrita, com a novíssima coleção indoor da marca italiana. Não bastasse isso, tivemos mimos: prosecco, e um pequeno lanche da tarde, numa área externa vip. Tem como não amar Paola Lenti?


Exposição restrita na Paola Lenti, com móveis indoor.

Exposição restrita na Paola Lenti, com móveis indoor.


 

Área externa Vip onde fomos recebidos com prosecco, e um lanche veracchi italiano.

Área externa Vip onde fomos recebidos com prosecco, e um lanche veracchi italiano.


Sendo mimada por Paola Lenti

Sendo mimada por Paola Lenti


Cada um voltou para o seu hotel para se arrumar e ir à Univesità Degli Studio di Milano, no Lounge Vip da Brazil S/A com cocktail oferecido pelo Cônsul Brasileiro em Milão, Paulo Cordeiro de Andrade Pinto e sua esposa Vera Estrela de Andrade Pinto, e onde encontramos todos nossos amigos brasileiros do mercado de arquitetura, decoração e design. Uma festa super legal, com muito vinho e prosecco italianos.




O grupo brasileiro, animado, seguiu para a Hollywood, uma boate na Corso Como – região da Brera – para confraternizar a última noite da maioria dos que foram a Milão! Porém a Hollywood é uma boate de hiphop pesado, e fomos dispersando aos poucos.


Como era minha última noite, segui para a Festa da Veuve Clicquot na Stacione Centrale de Milano, um lugar lindo, com muita música e animação!! A única brasileira ali era eu, e foi muito divertido!! Conheci algumas personalidade do design mundial e revi outros que já havia sido apresentada. Milão nesta época é interessante por causa disso! A variedade de pessoas consagradas no nosso mercado e acessíveis a conversas e parcerias é enorme.


E, para fechar… Bar Basso que havia descoberto ontem e que se tornou parte do meu roteiro milanês… e UFA! Né? De volta ao hotel para dormir por duas horinhas!!!

Bacio!

Comments

  1. MARIA ARAUJO

    Bravos, magnifico, espetacular

Submit a Comment

Or