Image Image Image Image Image Image Image Image Image Image

ame arquitetura | May 25, 2019

Scroll to top

Top

No Comments

Sunny Hills: descascando o abacaxi

Sunny Hills: descascando o abacaxi
amearquitetura

Sunny Hill é uma loja diferente. Não so pelo produto que vende –  bolo de abacaxi (doce popular em Taiwan) – mas também pela sua arquitetura.

Sunny Hill loja

Sunny Hill loja

Localizada no bairro de Minami Aoyama, a poucos quarteirões de distância de Herzog & De Meuron, edifício icónico para Prada, há um novo edifício construido por Kengo Kuma que nos faz repensar duas coisas: matéria e cultura empresarial.

Sunny Hill loja

Sunny Hill loja

A loja, projetada pelo arquiteto Kengo Kuma, é feita de hinoki (cipreste japonês) que dá um perfume de limão relaxante. Você pode se sentar e desfrutar de um pedaço de bolo de abacaxi e uma xícara de chá oolong. Esta loja, especializada na venda de bolo de abacaxi, tem a forma de uma cesta de bambu. Ela é construída sobre um sistema  chamado “Jiigoku-Gumi,” método tradicional usado em arquitetura japonesa (peças verticais e transversais na mesma largura estão entrelaçados uns nos outros para formar uma grade travessa). Normalmente as duas peças se cruzam em duas dimensões, mas aqui eles são combinados em 30 graus e 3 dimensões ( em cúbico), que permite fazer uma estrutura como uma nuvem. Com esta idéia, a cada peça de madeira foi reduzida para tamanho fino de 60 milímetros × 60 milímetros. Como o edifício está localizado no meio da área residencial em Aoyama, o arquiteto quis proporcionar uma atmosfera suave e sutil para ele, o que é completamente diferente de uma caixa de concreto.

Sunny Hill loja

Sunny Hill loja

 

Sunny Hill loja

Sunny Hill loja

Vestido com uma estrutura de madeira e trazendo à mente algumas das esculturas do artista japonês Tadashi Kawamata , o edifício situado na esquina desafia o observador para adivinhar seu conteúdo. Ao caminhar pela rua calma , há um homem que está na porta da frente convidando as pessoas para dentro para desfrutar de uma xícara de chá e um pedaço de torta de abacaxi sem qualquer encargo. As pessoas são livres para comprar um bolo sem qualquer compromisso. A história soa como um modelo de negócios desafiador, mas na verdade é ao contrario. Tudo está enraizado no encontro de idéias de dois empresários. Um deles é um taiwanês , correndo entre outros negócios de uma marca de tortas de abacaxi para apoiar os agricultores na sua cidade natal e ativar sua economia. O outro é um arquiteto japonês procurando fazer de sua prática algo mais “democrático” de acordo com as suas palavras.

Sunny Hill loja

Sunny Hill loja

Sunny Hill loja

Sunny Hill loja

Nesse projeto de loja Sunny Hill o arquiteto Kengo Kuma incorpora as lições sobre estruturas de madeira e está gradualmente aperfeiçoando suas técnicas de construção.   Foto   O início desta série de projetos foi o chamado Cidori, que começou em 2004. Para esse projeto o arquiteto estudou s a marcenaria da arquitetura tradicional japonesa e descobriu um sistema muito interessante de Hida Takayama (uma cidade na Província de Gifu famosa por sua tradição de carpintaria). Sistema Cidori é muito democrático, originado de brinquedos para crianças. Qualquer pessoa, até mesmo as crianças podem participar na criação de estruturas tridimensionais com este sistema chamado Jigoku Gumi. Sistema Jigoku Gumi é uma superposição de duas camadas de varas de madeira, firmemente fixos em conjunto com uma terceira camada. É semelhante à tecelagem ou tricotagem. Adaptado sistema Jiigoku Gumi é estruturalmente muito mais forte do que a que usou no Starbucks, que suporta apenas o telhado. Neste sentido, há um encontro entre o sistema tradicional eo sistema estrutural muito contemporânea.

Sunny Hill loja

Sunny Hill loja

Sunny Hill loja

Sunny Hill loja

Podemos ver com muita clareza que nesse projeto se encontra a cultura, a tradição, o aproveitamento de materiais locais naturais, busca de inovação e o contemporâneo. Nesse sentido o Japão, com sua vontade de preservar a cultura milenária, pode ser exemplo para outros países e culturas.

Bravo!

Fotos: Ken Lee

Sunny hills em Minami-Aoyama, Tóquio

Projeto: Kengo Kuma & Associates

Engenheiros estruturais: Jun Sato Engenheiros estruturais

Empreiteiros gerais: Satohide

Área do local: 175,69 m²

Área de construção: 102,36 m²

Área total: 293,00 m²

Principal uso: loja

Número de andares: 2, -1

Área bruta: 79,50 m²

Estrutura: concreto armado, madeira

Data de conclusão: dezembro 2013

Submit a Comment

Or