Image Image Image Image Image Image Image Image Image Image

ame arquitetura | November 11, 2019

Scroll to top

Top

No Comments

Alice no País da Dermatologia

Alice no País da Dermatologia
amearquitetura

Quando vi as fotos do consultorio de dermatologia da Dra. Thais Sakuma, pensei que se tratava de um consultorio pediatrico. Mas naaao, é um consultorio dermatologico, e o tema: Alice no Pais das Maravilhas inspirou todo o projeto feito pelo arquiteto Luis Pedro Scalise. Mas como assim? Eu aviso de antemao, como arquiteta, que seus desejos como cliente, podem vir a se tornar realidade… No caso, a Doutora Thais comentou durante o brainstorming com o arquiteto que adorava o filme Alice no País das Maravilhas e que se identificava com a personagem titulo. Como todo bom arquiteto, Pedro foi desafiado a transformar o consultorio em uma continuacao do cenario do filme!

 

Apesar do tema ser um épico infantil, o arquiteto descreve que conseguiu trabalhar o tema de acordo com o consultório, voltado para adultos. “A gente trabalhou o tema dentro das cores que o filme representa, trabalhou com o lúdico, mas ao mesmo tempo o real. Tudo é prático, tudo está sento usado”, detalha Scalise.

Apesar do tema ser um épico infantil, o arquiteto descreve que conseguiu trabalhar o tema de acordo com o consultório, voltado para adultos. “A gente trabalhou o tema dentro das cores que o filme representa, trabalhou com o lúdico, mas ao mesmo tempo o real. Tudo é prático, tudo está sento usado”, detalha Scalise.

 

A ideia saiu como inspiração e de imediato chapéus, relógios e cartas de baralho começaram a surgir no esboço. Na bancada onde a recepcionista atende aos pacientes, a paisagem do filme salta aos olhos.

A ideia saiu como inspiração e de imediato chapéus, relógios e cartas de baralho começaram a surgir no esboço. Na bancada onde a recepcionista atende aos pacientes, a paisagem do filme salta aos olhos.

 

Na sala de atendimento da dermatologista, as xícaras, que no filme voam, viraram luminárias. As cartas de baralho formam a mesa e compõem também os armários. “Tudo que a gente trabalhou, trabalhou com material que desse ilusão do filme, mas que no dia a dia é prático. Não tem nada que não dê para usar, é tudo funcional”, descreve o arquiteto.

Na sala de atendimento da dermatologista, as xícaras, que no filme voam, viraram luminárias. As cartas de baralho formam a mesa e compõem também os armários. “Tudo que a gente trabalhou, trabalhou com material que desse ilusão do filme, mas que no dia a dia é prático. Não tem nada que não dê para usar, é tudo funcional”, descreve o arquiteto.

 

Adorei a ideia das xicaras iluminando a mesa de trabalho.

Adorei a ideia das xicaras iluminando a mesa de trabalho.

 

As poltronas de espera são todas coloridas. Na parede amarela, cinco relógios pautam a dúvida de Alice, de quanto tempo dura o eterno. No cabideiro, o trabalho do chapeleiro maluco é visto em três cartolas.

As poltronas de espera são todas coloridas. Na parede amarela, cinco relógios pautam a dúvida de Alice, de quanto tempo dura o eterno. No cabideiro, o trabalho do chapeleiro maluco é visto em três cartolas.

 

De fato é bem inusitado ir a sua dermatologista e encontrar um cenario completamente ludico! As cartolas, formas e cores me impressionaram mais que o proprio Castelo da Rainha de Copas, na Disneyland Paris! Minha filha iria amar ir ao médico e entrar no pais das Maravilhas!

De fato é bem inusitado ir a sua dermatologista e encontrar um cenario completamente ludico! As cartolas, formas e cores me impressionaram mais que o proprio Castelo da Rainha de Copas, na Disneyland Paris! Minha filha iria amar ir ao médico e entrar no pais das Maravilhas!

 

A mesa "feita" com as cartas do baralho, tudo foi detalhado pensando em comon adaptar o filme para o uso real. Na visão do arquiteto, os projetos temáticos para consultórios estão virando tendência. “Não só ali, mas para a vida. Festas temáticas são as que mais dão gente, todo mundo adora porque você se transporta para outro lugar”.

A mesa “feita” com as cartas do baralho, tudo foi detalhado pensando em comon adaptar o filme para o uso real.
Na visão do arquiteto, os projetos temáticos para consultórios estão virando tendência. “Não só ali, mas para a vida. Festas temáticas são as que mais dão gente, todo mundo adora porque você se transporta para outro lugar”.

 

 

A planta do consultorio, com a setorizaçao dos ambientes. Todo a "cobertura" depois desta base transformou o que poderia ser um simples consultorio médico em uma atracao a parte para quem tem consulta com a Dra. Thais. A ideia de fazer o projeto inspirado no filme surgiu da conversa que o arquiteto teve com a médica, Scalise ouviu a cliente falar, sem muita pretensão, do quanto admirava o filme. “Ela falou você vai achar graça, mas eu adoro e me identifico com a Alice, não precisa fazer esse tema, mas eu gosto disso”, relata o arquiteto.

A planta do consultorio, com a setorizaçao dos ambientes. Toda “cobertura” depois desta base transformou o que poderia ser um simples consultorio médico em uma atracao a parte para quem tem consulta com a Dra. Thais. A ideia de fazer o projeto inspirado no filme surgiu da conversa que o arquiteto teve com a médica, Scalise ouviu a cliente falar, sem muita pretensão, do quanto admirava o filme. “Ela falou você vai achar graça, mas eu adoro e me identifico com a Alice, não precisa fazer esse tema, mas eu gosto disso”, relata o arquiteto.

Fiquei muito curiosa em entender o porque de transformar o seu ambiente de trabalho, e nao alguma parte de casa; em uma replica do filme. Entao soube que o objetivo de Thaís é que os pacientes entrem e se sintam transportados para outro local. Quanto tempo dura o eterno? Às vezes apenas um segundo. A médica quer que eles se sintam bem, sem pensar na doença ou necessidade que os levou até o consultorio.

 

No minimo, inusitado! Mas gostei da mensagem e da criatividade de Luis Pedro Scalise!

Por Aline Araujo

 

Submit a Comment

Or