Image Image Image Image Image Image Image Image Image Image

ame arquitetura | July 22, 2019

Scroll to top

Top

No Comments

Casa Cor 30 anos

Casa Cor 30 anos
amearquitetura

No último dia 17 de maio, a Casa Cor São Paulo abriu suas portas ao público pela trigésima vez. A mostra de decoração deste ano conta com 70 ambientes, com um mix de profissionais vindos do Brasil inteiro. A proposta da Casa Cor São Paulo é, como “sede” dos eventos, mostrar um pouco de cada estado. Para quem visita há algum tempo a Casa Cor, no Jockey Clube de São Paulo, vai conhecer um espaço diferente do que estava acostumado. O Jockey possui uma edificação onde, no passado, ficava o seu ambulatório. A edificação é um exemplar do art déco paulistano dos anos 1940, mas o estado de deterioração não permitia apreciar os detalhes do edifício assinado pelo francês Henri Sejous (1897-1975). Agora, em processo de restauro, pode ser usado para abrigar a mostra.

Os espaços foram desenvolvidos por profissionais consagrados e cerca de 30 jovens talentos – e o ecletismo bem-vindo que pauta a mostra não para por aí. Afinal, o passado está presente em um repertório que passeia pela escola alemã Bauhaus, do inicio do século 20, segue pelo art déco dos anos 1930 e chega ao design brasileiro das décadas de 1940 a 1970, com forte acento modernista.

Aqui vai um super post com quase todos os ambientes:


Praça Eliane por Alex Hanazaki


O paisagista usou brises feitos de porcelanato para criar um corredor de entrada, dividindo a praça do jardim vertical – em toda a parede de entrada. A praça conta com cubos de diferentes alturas, e algumas árvores pau brasil espalhadas nestes volumes, rodeados pelo espelho d´agua. Outra novidade de Hanazaki, em parceria com a Eliane, são os seixos rolados feitos de cerâmica – totalmente sustentáveis, uma vez que não são retirados dos rios.


Corredor de entrada #snapsave

Corredor de entrada #snapsave


 

Praça Eliane, feita com porcelanatos, paus Brasil e seixos rolados em cerâmica.

Praça Eliane, feita com porcelanatos, paus Brasil e seixos rolados em cerâmica.



Hall da Biblioteca por Roberto Cimino e Nelson Amorim


Os arquitetos usaram os dois pilares da edificação do Jockey Club de São Paulo para instalar duas estantes simétricas e compor sua biblioteca repleta de arte. O destaque vai para o pequeno quadro com uma ilustração de Tarsila do Amaral e o lustre desenhado por eles para a Scatto.


Um dos ambientes do Hall da Biblioteca de Roberto Cimino e Nelson Amorim, privilegiando o estilo modernista em alta nos anos 40.

Um dos ambientes do Hall da Biblioteca de Roberto Cimino e Nelson Amorim, privilegiando o estilo modernista em alta nos anos 40.


 

Casa Cor 30 anos ame arquitetura hall da biblioteca



 

Cozinha Gourmet de Guilherme Torres


Com um conceito absolutamente inovador, Guilherme Torres planejou uma cozinha futurística, que será possível em 2026. Com uma geladeira aberta, onde cada alimento tem sua própria cápsula de armazenamento e QR code para indicar temperatura, receitas e validade; além de uma bancada em Corian com carregador de celular imantado que nos faz imaginar o que está por vir nesta era tecnológica. Para trazer um pouco da cultura do hand made, o designer usou sobreposições de palhinha que remete ao processo de fabricação de cestos de palha, ou cestaria, com a iluminação por trás que gerou um efeito maravilhoso de painel iluminado.

Cozinha Gourmet de Guilherme Torres tem tecnologia avançada, com a ideologia do que será comum nas casas em 2026.

Cozinha Gourmet de Guilherme Torres tem tecnologia avançada, com a ideologia do que será comum nas casas em 2026. O painel feito por sobreposições de palhas entrelaçadas como na cestaria valorizou o ambiente com formas retas e frias.


Geladeira aberta ao fundo, com alimentos com refrigeração exclusiva e acesso a receitas e validade pelos QR codes.

Geladeira aberta ao fundo, com alimentos com refrigeração exclusiva e acesso a receitas e validade pelos QR codes.


Área externa da cozinha de Guilherme Torres. Simples e bonito.

Área externa da cozinha de Guilherme Torres. Simples e bonito.



Galeria da Imagem por André Carício


A cultura de Pernambuco se insere nesta circulação por meio de fotografias, esculturas e pinturas de artistas locais, valorizadas pelo projeto de iluminação que mescla luz indireta com focos pontuais. Destaque para o detalhamento do gesso no teto e os painéis geométricos em camurça aplicados em detalhes nas paredes.


Galeria de Imagem Casa Cor 30 anos ame arquitetura



Lounge do Barista de Olegário de Sá e Gilberto Cioni.


A dupla elege como destaque do projeto a lareira de 6 metros de comprimento e a persiana preta de 4 metros, feita sob medida. O escritório ainda desenhou as caixas de madeira retroiluminadas, onde foram dispostos livros e bules de café. Poltronas de Sergio Rodrigues também marcam presença em linha, formando belos ângulos para fotos. Uma delicia é o cheiro do café no ambiente, repleto de máquinas De Longhi, onde um garçom serve aos convidados.


Lounge do Barista Olegário de Sá e Gilberto Cioni. Cheirinho de café feito na hora.

Lounge do Barista Olegário de Sá e Gilberto Cioni. Cheirinho de café feito na hora.



Banheiro Masculino de Beatriz Zamperlini e Mariana Zimmerman


As arquitetas usaram o aço inox com pintura na cor marrom, aplicado na bancada e nos painéis que separam as cabines. Luzes de LED e elementos reaproveitados de outros projetos mostram a preocupação com a sustentabilidade.


Banheiro masculino com torneiras Deca de acionamento automático.

Banheiro masculino com torneiras Deca de acionamento automático.



Banheiro Feminino pelo Studio 011


 Ambiente delicado, onde foram usados materiais nobres como o mármore, espelho e acabamento em metais gold da Deca. Detalhe para as luminárias que formam bolhas e o revestimento nas paredes completando um mosaico e os metais em dourado formando molduras no espelho e bancada. Apaixonada!


Super feminino o projeto do Studio 011 usa elementos dos anos 70 como espelhos e bancada com detalhes em dourado e metais Deca red gold.

Super feminino o projeto do Studio 011 usa elementos dos anos 70 como espelhos e bancada com detalhes em dourado e metais Deca red gold.


Sequencia de metais em red gold e detalhes no espelho e bancada em dourado.

Sequencia de metais em red gold e detalhes no espelho e bancada em dourado.


Detalhe da cuba de canto e torneira em Red Gold da Deca para o banheiro especial dentro do banheiro feminino.

Detalhe da cuba de canto e torneira em Red Gold da Deca para o banheiro especial dentro do banheiro feminino.



Tenda por René Fernandes


O arquiteto René Fernandes aproveitou seu ambiente externo para especificar móveis confortáveis e relaxastes da Dedon – a venda na Collectania – como a Nestrest, um verdadeiro ninho, uma lareira horizontal e recursos visuais através do painel de azulejos com cenas do Rio de Janeiro, de Claudia Jaguaribe.


dedon Casa Cor 30 anos ame arquitetura outdoor



Tributo aos 30 de Roberto Migotto


Vocês sabiam que o irmão do Roberto Migotto, o artista plástico João Migotto, tem feito parceiras expondo seus quadros em seus projetos? Os quadros tridimensionais na foto são de João, e no ambiente são expostas duas peças de Salvador Dalí! Um luxo em tons neutros e com muita personalidade! 


Ambiente sofisticado e vintage de Roberto Migotto que usou peças de Salvador Dalí em dourado brilhante e fosco, que se destacam no ambiente basicamente nude.

Ambiente sofisticado e vintage de Roberto Migotto que usou peças de Salvador Dalí em dourado brilhante e fosco, que se destacam no ambiente basicamente nude.



Banheiro Unissex de Fabio Bouillet e Rodrigo Jorge


Projeto poético de Fabio Bouillet e Rodrigo Jorge na Casa Cor São Paulo. A dupla da Artis Design conseguiu criar um ambiente misterioso, como pede um banheiro unissex, usando jogo de espelhos com vegetação seca e o biombo em madeira na entrada. Destaque para os metais que trazem um ar luxuoso ao ambiente sobre a bancada em mármore. 


Lindo o banheiro unissex que cria um ambiente misterioso propício ao banheiro unissex.

Lindo o banheiro unissex que cria um ambiente misterioso propício ao banheiro unissex.



Sala do Apartamento de Tenório


O arquiteto preferiu manter o piso e as paredes semi-descascadas originais, adotando-os como base de uma decoração eclética. Mobiliário italiano e peças de desenho autoral de Tenório dividem as atenções com obras de arte, como o painel de jacarandá de Joaquim Tenreiro e as fotos de Yuri Serôdio e Mario Cravo Neto.


Clássico sofá Chesterfield no ambiente desconstruído de Tenório.

Clássico sofá Chesterfield no ambiente desconstruído de Tenório.



Estúdio do Casal de Clarisse Readi, Adriana Pereira e Carolina Reade.


O ambiente é multiúso e pensado para longas permanências. Por isso o conforto é prioridade, reforçado pelo tom de azul da Coral das paredes e pela generosa estante de livros na mesma cor. No mobiliário, peças vindas do interior da França encontram itens de design contemporâneo.


 

Casa Cor 30 anos living ame arquiitetura



Espaço das Interlocuções de Pedro Lázaro


As paredes trazem o concreto bruto, enquanto o balcão foi revestido em ouro metalizado e revela a apropriação do barroco mineiro feita pelo arquiteto. Ele também trouxe para o projeto um sino de bronze de mais de dois mil anos e cerâmicas de Máximo Soalheiro. Outra referência são móveis desenhados pelo pintor modernista Lasar Segall, que acabam de ser relançados.


 

Aline Araujo ame arquitetura Casa Cor 30 anos jockey club são paulo



Estúdio de Criação por Patricia Anastassiadis


Uma homenagem à mãe da arquiteta, super criativa, que além de ser pianista, é artista plástica (alguma de suas pinturas estão expostas no ambiente da filha) e escritora, com livro publicado e também compondo o decor do estúdio de criação de Patricia Anastassiadis. Um dos destaques é o leitor de raio X preservado em uma das paredes e os azulejos do antigo ambulatório em sua cor original no fundo das estantes. Os azulejos que revestem o resto do ambiente foi pintado e tons café.


O ambiente de Patricia Anastassiadis fica na antiga sala de raio X do ambulatório desativado. A arquiteta preservou alguns itens, como os azulejos e o próprio leitor de raio x.

O ambiente de Patricia Anastassiadis fica na antiga sala de raio X do ambulatório desativado. A arquiteta preservou alguns itens, como os azulejos e o próprio leitor de raio x.



Living da Praia de David Bastos


 

Pé na areia –  é essa a proposta inusitada do baiano David Bastos neste Casa Cor 2016. Com elementos das regiões litorâneas como palhinha, linho e textura nas paredes, o arquiteto trouxe toda a atmosfera de uma casa de praia. Na cozinha, tons pastel nos acessórios e baldes de alumínio para compor a simplicidade de um ambiente a beira mar.


O ambiente de David Bastos é o living na praia, com uma novidade: piso em areia.

O ambiente de David Bastos é o living na praia, com uma novidade: piso em areia.


david bastos living na praia Casa Cor 30 anos ame arquitetura


Detalhe da cozinha no Living da Praia de David Bastos

Detalhe da cozinha no Living da Praia de David Bastos


Detalhe da areia no piso do ambiente de David Bastos.

Detalhe da areia no piso do ambiente de David Bastos.



Living e Jardim de Inverno de Dado Castello Branco


O estar tem ares de biblioteca, com piso de madeira de demolição paginado em espinha de peixe. Sobre ele, peças de grandes nomes como Oscar Niemeyer e Claudia Moreira Salles. O jardim de inverno é uma extensão natural do espaço, que se transforma em uma caixa de vidro que avança na paisagem.


 

 

dado castello branco lounge Casa Cor 30 anos ame arquitetura



Galeria do Colecionador de Maicon Antonioli


 Ao utilizar o concreto aparente e o compensado naval, o profissional valorizou a arquitetura histórica do ambulatório do Jockey. Obras de artistas jovens dividem o espaço com móveis dos anos 1940 e 70, repaginados com tecidos e cores atuais.


Casa Cor 30 anos ame arquitetura sala



Terraço de Andrea Teixeira e Fernanda Negrelli


Lindo ambiente repleto de luz, vindas do ripado de madeira que compõe o pergolado no teto e as grandes janelas que envolvem o ambiente das arquitetas. Para completar, lareira e duas chaises super confortáveis.


 

 

terraço varanda Casa Cor 30 anos ame arquitetura



 

Sala de Almoço  de Gustavo Paschoalim e Paulo Azevedo


Amo salas de almoço e me encantei com esta no Casa Cor de São Paulo. Os arquitetos remeteram ao passado através dos lambris no tom verde-celadon aplicados nas paredes ou nos objetos dos séculos 18 e 19 que pontuam. Arranjos de espécies exuberantes dão um toque tropical, assim como o tecido da marca francesa Pierre Frey que reveste a poltrona desenhada pela dupla.


copa cozinha ame arquitetura Casa Cor 30 anos



Cozinha e Lavanderia Essencial de Marília Pellegrini


É dificil ver um projeto com a lavanderia tendo algum destaque. No ambiente de Marilia, foram destaque tanto a cozinha quanto a lavanderia. Na cozinha, o cooktop em uma ilha retrátil permite que a bancada seja plenamente utilizada. O bambu, considerado a madeira do futuro, vem nos armários com abertura automatizada e no piso. Na transição com a lavanderia, um detalhe: a paginação em espinha de peixe passa a ser realizada com réguas de mármore.


lavanderia ame arquitetura Casa Cor 30 anos cozinha essencial



Banheiro Unissex 2 de Gustavo Neves


As texturas rústicas têm papel fundamental no ambiente, que traz banheira em pedra natural, piso em cimento queimado e paredes caiadas em tons de cinza, além de conservar a estrutura original. Neves também garimpou janelas de demolição dos anos 1940 e escolheu fotos de nus do brasileiro Ivan Erick para compor o espaço, que traz elementos da história do banho e do culto ao corpo. Reparem nas janelas, que parecem coxias, abrindo da esquerda para a direita.


banheiro unissex ame arquitetura Casa Cor 30 anos



Saleta do Hobby de Julio Dantés e Marcelo Cohen


O menor ambiente do Casa Cor São Paulo é repleto de estilo. Paredes e teto foram revestidos com um papel de parede que lembra a textura do cimento. Essa base neutra é o cenário para a combinação eclética entre móveis de linhas retas e lustres Baccarat.


banheiro unissex Casa Cor ame arquitetura



Casa Braile de Leo Romano


Para celebrar os sentidos, o arquiteto goiano criou painéis em alumínio microperfurados que envelopa teto e paredes, entre outras texturas que convidam a estimular o tato. A decoração e os móveis se diluem em gradações de rosa, apresentando peças desenhadas por Romano, como o aparador e a mesa de centro da coleção Bailarina.


braile leo romano ame arquitetura Casa Cor rosa



Vagão de Trem do Léo Shehtman


Após a restauração, o vagão de trem de 1945 – abandonado há quase 30 anos – foi transformado em loft. Uma estrutura interna em madeira unificou o espaço de 40m2, que recebeu decoração art déco. O estilo é representado em peças desenhadas pelo próprio arquiteto – do sofá e da poltrona à mesa lateral e demais móveis. Leo me contou que foi um trabalho surreal trazer o vagão de trem, mas o resultado foi compensador. De fato, é um must see da Casa Cor 30 anos.


vagao de trem Casa Cor ame arquitetura


leo shehtman vagão de trem train casa cor ame arquitetura 2016



Casa Sustentável de Rodrigo Loeb e Caio Dotto


Outro conceito contemporâneo é a sustentabilidade, bem representada em projetos modulares ou que buscam reaproveitar materiais e dispor racionalmente dos recursos naturais, além de conservar as belezas do Jockey, com o mínimo de intervenção e resíduos. Aqui, toda a casa tem conceitos aplicados como reaproveitamento das águas da chuva, energia eólica, separação do lixo, placas de energia solar e até um carro elétrico com estação de abastecimento.


Casa Cor ame arquitetura 2016

 



 

Espaço Deca por Marina Linhares


O maior ambiente da Casa Cor 30 anos, com 200 metros quadrados, tem vista privilegiada para o sky line de São Paulo.  As linhas retas e os grandes vãos são inspirados na Bauhaus, neste projeto que também reverencia a escola no uso de aço, madeira e no vidro que permite a farta iluminação natural. O mobiliário contemporâneo de Claudia Moreira Salles – que inclui a mesa de centro Deslize – encontra as peças modernistas de Flávio de Carvalho na ambientação. Outro destaque é o lançamento do misturador Bamboo assinado por Jader Almeida para a Deca, e a exposição dos produtos Deca na entrada do espaço.


espaço Deca marina linhares Casa Cor ame arquitetura são paulo


Quarto no Espaço Deca, com tons pastel da coleção Lisboa da Entreposto.

Quarto no Espaço Deca, com tons pastel da coleção Lisboa da Entreposto.


 

banheiro deca ame arquitetura Aline Araujo Casa Cor 30 anos

Retificando a legenda: Marina Linhares, a arquiteta do Espaço Deca na Casa Cor em São Paulo, 2016.


Torneira e cuba Bamboo de Jader Almeida para a Deca, exposta com destaque na Casa Cor SP.

Torneira e cuba Bamboo de Jader Almeida para a Deca, exposta com destaque na Casa Cor SP.


Detalhe dos acabamentos Deca em exposição no Espaço que leva o nome da marca de louças e metais.

Detalhe dos acabamentos Deca em exposição no Espaço que leva o nome da marca de louças e metais.


Apaixonada por esta divisória vazada que mescla livros e vegetação no Espaço Deca por Marina Linhares.

Apaixonada por esta divisória vazada que mescla livros e vegetação no Espaço Deca por Marina Linhares.



Loft no Campo de Paola Ribeiro


Com projetos únicos e de muito bom gosto, a carioca Paola Ribeiro nunca me decepciona em seus ambientes. No Loft do Campo, a única divisória é um vidro espelhado que esconde o banheiro. O desejo era de integração total em um ambiente de clima serrano, onde um dos pontos de encontro é em torno da grande bancada em madeira com laca verde. Ela começa como apoio do cooktop, torna-se pia e alcança o home office. A luminária tem assinatura de Jader Almeida.


paola ribeiro Casa Cor ame arquitetura loft no campo


Letras na decoração de Paola Ribeiro em seu banheiro no Loft do Campo.

Letras na decoração de Paola Ribeiro em seu banheiro no Loft do Campo.


Detalhe da cozinha característica dos campos, em madeira rústica e muito espaço em volta.

Detalhe da cozinha característica dos campos, em madeira rústica e muito espaço em volta.


Vista da cama para a cozinha gourmet de Paola Ribeiro no Loft do Campo.

Vista da cama para a cozinha gourmet de Paola Ribeiro no Loft do Campo.



Sala da Família de Thiago Manarelli e Ana Paula Guimarães


A dupla investiu no garimpo e na mistura em seu projeto, que mescla achados de antiquário, arte contemporânea e plantas naturais. Uma referência atual convocada em alguns projetos é o estilo escandinavo, que cultiva a claridade natural e o traçado minimalista, além de cores suaves. O uso de dois tons, em particular, chamam a atenção: o rosa seco e o verde água, bastante utilizados no período modernista.


 

Casa Cor ame arquitetura sala



Quarto da Menina da Très Arquitetura


As arquitetas Fernanda Tegacini, Fernanda Morais e Nathalia Mouro escolheram a estante como elemento central do projeto. A peça, em madeira americana na tonalidade castanha, confere movimento ao intercalar nichos cheios e vazios. Junto da estante, um canto de leitura é criado com a poltrona do designer Jorge Zalszupin. Fiquei morrendo de vontade de usar tudo no quarto da Manu!! Lindinho demais!


 

quarto da menina très arquitetura Aline Araujo amearquitetura Casa Cor



Adega de André Dutra, Marcela Penteado e Kika Mattos


Madeira e tijolos não podem faltar em uma adega – e aqui os materiais estão presentes nos nichos que organizam as garrafas de vinho e as transformam em recurso visual. E uma forma de conferir profundidade ao espaço vem no uso do tapete de fios de seda, em degradê de cinza. Fiz um post completo sobre a adega aqui.


adega Casa Cor ame arquitetura sp



Unidade Shoji 04 da Yamagata Arquitetura


A tradicional arquitetura japonesa estava na mente de Paloma Yamagata, Aldi Flosi e Bruno Rangel. Especialmente a estrutura dos shojis, painéis ou portas de correr em madeira e papel translúcido, aos quais o projeto faz alusão. A cor branca, por exemplo, é citada nas lajes de concreto e nas paredes patinadas pela ação do tempo. Já a madeira clara aparece em vários momentos e ganha a companhia do mármore e do metal. Ambiente show!! Must see na Casa Cor 30 anos.


A Unidade Shoji 04 conta com quarto, sala de estar, jantar, cozinha e banheiro.

A Unidade Shoji 04 conta com quarto, sala de estar, jantar, cozinha e banheiro inspirados nas casas japonesas.


Quarto da Yamagata Arquitetura para a Casa Cor SP

Quarto da Yamagata Arquitetura para a Casa Cor SP



Living dos Amigos de Alexandra Tobler


 

Este oásis urbano traz referências ao estilo escandinavo, evidentes nos tons pastéis. Eles se combinam às memórias afetivas presentes em brinquedos garimpados em brechós. A natureza também tem papel central para deixar o ambiente acolhedor, presente na parede verde de suculentas e no lustre de cristal de rocha. Foi aqui o evento da Westwing para influencers, onde a OliOli inteira – menos eu que estava em palestra no Rio – compareceu.


westwing ame arquitetura Casa Cor living dos amigos ale tobler


Detalhes do ambiente de Ale Tobler, com uma pegada divertida e contemporânea.

Detalhes do ambiente de Ale Tobler, com uma pegada divertida e contemporânea.



Olho D’Água de Alexandre Furcolin


O paisagista criou um espelho d’água inspirado em sua viagem a Lagoa Santa, em Goiás, de onde vieram algumas plantas para compor o ecossistema. O deque em madeira pinus de reflorestamento e o pergolado metálico com teto verde, coberto pela trama de bambus, completam o cenário.

olho d´agua Casa Cor ame arquitetura



Casa com Garagem de Ana Maria Vieira Santos


A arquiteta projetou uma morada de 160m2 com todos os confortos modernos, que se destaca pela integração com a natureza em espaços abertos. Uma das árvores existentes no local foi incorporada e envolvida por uma coluna em vidro.


casa com garagem ana maria vieira santos ame arquitetura Casa Cor 30 anos sp

 


Casa da Sissi de Brunete Fraccaroli


 

Uma das idéias mais geniais que já vi sendo exibida em uma Casa Cor!!  A cachorrinha que foi companheira da arquiteta durante 16 anos é a homenageada do espaço que integra living, espaço gourmet, suíte master e closet. Tudo sob uma estrutura em vidro, metal e madeira, com 13m2. Detalhe: os móveis foram reduzidos à escala do animal, e as peças foram produzidas com impressão 3D. É perfeito e o “ambiente” preferido das crianças este ano!


 

ame arquitetura Casa Cor olho d´agua paisagismo



Sala dos Amigos por Denise Barretto


Azul e cinza definem uma atmosfera masculina e intimista, que também destacam criações de grandes designers brasileiros como Sergio Rodrigues, Jader Almeida e Jorge Zalszupin. As paredes foram finalizadas com boiseries e exibem obras de arte como a do americano Zoe Zapot. Repare ainda no teto, com o divertido papel de parede estampado de nuvens, da Fornasetti.


denise barretto Casa Cor ame arquitetura jader almeida


Detalhe do Living dos Amigos de Denise Barretto

Detalhe do Living dos Amigos de Denise Barretto



Bar do Terraço de Gustavo Jansen


Mobiliário nacional com a estética dos anos 1970, com itens de Jorge Zalszupin, e peças francesas antigas criam a identidade do projeto. Ele também guarda brasilidade no papel de parede, que remete às cestarias indígenas, e na luminária dourada em formato de palmas.


terraço bare ame arquitetura Casa Cor



Terraço Gourmet de Joana Requião


Um dos meus preferidos, o ambiente prolonga o living, e seu sentido horizontal foi explorado pela lareira embutida. Nas paredes, o revestimento é de limestone. Poltronas e móveis de Lina Bo Bardi, Jorge Zalszupin e Oscar Niemeyer compõem o mobiliário, que também conta com a mesa em latão dourado, resultado da parceria entre a arquiteta e o estúdio Amado E.


Destaque das poltronas da Etel no Terraço Gourmet de Joana Requião

Destaque das poltronas da Etel no Terraço Gourmet de Joana Requião


Angulo que Pedro Ariel indicou para fotografar o Terraço Gourmet de Joana Requião na Casa Cor SP 2016.

Angulo que Pedro Ariel indicou para fotografar o Terraço Gourmet de Joana Requião na Casa Cor SP 2016.



Experiência Ornare por João Armentano


São 90 anos em um único espaço: aqui se comemora os 30 anos da Casa Cor, 30 anos da Ornare e os 30 anos de carreira de João Armentano. O resultado são ambientes sofisticados e com muita profundidade nas escolhas e materiais. Must see da Casa Cor! Duas escolhas orientam o projeto: paredes revestidas com painéis em madeira e móveis camuflados, como armários de cozinha, estantes da sala de jantar e a mesa do home office. O revestimento cinza no piso reforça o aconchego e o conceito de integração.


Casa Cor ame arquitetura ornare joão armentano sp 30 anos



Hot Spot! de Moacir Schmitt Jr. e Salvio Moraes Jr


A sala de estar tem um quê parisiense e nova-iorquino, com uma ambientação calorosa que reserva detalhes como boiseries nas paredes e materiais como o metal. Nas paredes, lâminas de madeira escura tornam o espaço mais caloroso.


hot spot! Casa Cor ame arquitetura

 



E ainda faltam alguns ambientes, acreditam?? Ir a Casa Cor é um programa de mais de um dia… Ou, se você acompanha pelo instagram e snapchat amearquitetura, já viu muita coisa de la!!!

Beijos, 

Aline Araujo

 


 

SERVIÇO CASA COR SÃO PAULO 2016


QUANDO?

17 de maio a 10 de julho de 2016.

Terça à quinta das 12h às 21h.

Sexta, sábado e feriados das 12h às 21h30.

Domingo das 12h às 20h.

ONDE?

Jockey Club de São Paulo — Av. Lineu de Paula Machado, 775 — Cidade Jardim.

QUANTO?

De terça a quinta-feira

Ingresso inteiro: R$ 52

Ingresso de estudante: R$ 26

Ingresso senior (para pessoas com 60 anos ou mais): R$ 26

Sexta, sábado, domingo e feriados

Ingresso inteiro: R$ 65

Ingresso de estudante: R$ 32

Ingresso sênior (para pessoas com 60 anos ou mais): R$ 32,50

Passaporte único: R$ 150

Valet: R$ 30

Submit a Comment

Or