Image Image Image Image Image Image Image Image Image Image

ame arquitetura | September 18, 2018

Scroll to top

Top

No Comments

Case: Rooftops em Hotéis

Case: Rooftops em Hotéis
amearquitetura

Se tem algo que eu adoro, principalmente em cidades com vistas paradisíacas, são os rooftops – terraços com piscinas ou não – mas que acabam se tornando um point a mais nas cidades. Como moro no Rio, tenho meus preferidos por aqui, como o do Fasano no início de Ipanema, Pestana em Copacabana, Hotel Santa Teresa e o Mirante do Arvrão, em pleno Vidigal. Mas, para fazer um case com inspirações de decoração, decidi procurar por inspirações em Hotéis da Ásia, com clima quente como o nosso. Achei alguns projetos bem bacanas, e com decoração invejável.

1) Rock Bar no Ayana Resort & Spa em Bali

 

Com iluminação a luz de velas, e luminárias (obviamente) balinesas, o rooftop Rock Bar incorpora a natureza de Bali através do paisagismo e os vários níveis no projeto de decoração, sobre rochas naturais a 14 metros acima do Oceano Índico. Super popular pelas festas que vão até o amanhecer.

Rock Bar Bali

Rock Bar no Ayana Resort & SPA em Bali

 

2) Ozone em Hong Kong

Localizado no 118o andar do The Ritz Carlton de Hong Kong, o Ozone é reconhecido como o maior bar do mundo. Com projeto repleto de detalhes de Masamichi Katayama, o lugar também oferece brunch aos domingos, na parte fechada e o terraço ao entorno, com área aberta.

Ozone Bar no The Ritz Carlton em Hong Kong

Ozone Bar no The Ritz Carlton em Hong Kong

3) Sirocco Sky Bar em Bangkok

 

No alto do 63o andar do Hotel Lebua, o Sirocco Sky Bar é o mais alto bar ao ar livre no mundo. No restaurante, cozinha mediterrânea de primeira e, no bar, o que interessa: a vista. A atmosfera criada pela mudança de cores do balcão enquanto os bartenders preparam os drinks são o toque especial, junto ao parapeito de vidro tão baixo que chega a ser vertiginoso. Para quem não está ligando o nome ao filme, foi no Sirocco Sky Bar que filmaram a segunda seqüência de Se Beber Não Case.

Sirocco Sky Bar em Bangkok

Sirocco Sky Bar em Bangkok

4) Vertigo and Moon Bar no Banyan Tree Bangkok

 

Aberto em 2002, no centro de negócios de Bangkok, a equipe de design teve a idéia de aproveitar a área do terraço do Hotel, uma torre no 61o andar – como bar (Moon bar) da cobertura verdadeiramente high rise, além de um restaurante (Vertigo) , ao invés de manter o heliponto do projeto original. Foi assim que criaram um conceito novo para uma experiência gastronômica ao ar livre em Bangkok, se tornando uma visita obrigatória para quem visita a cidade.

Vertigo Lounge

Vertigo Lounge

banyan-tree-moon-bar009-1024x678

Moon Bar

Moon Bar

5) Aer Mumbai

 

O bar ganha destaque por estar no extremo do rooftop, tendo toda a vista ao fundo. As formas futurísticas e orgânicas conferem contemporaniedade ao projeto de decoração. E a iluminação destaca sem destoar das luzes da cidade, criando o clima lounge que pode ser usado desde o Happy Hour às festas oferecidas pelo Four Seasons.

Are Four Seasons Mumbai Foto: Jaideep Oberoi

Arer no Four Seasons Mumbai – Foto: Jaideep Oberoi

 

 

6) Sky Lounge e Bar no Hilton Hotel Pattaya em Bangkok

 

 

Concebido em torno de noções abstratas do mar, o hotel dispõe de uma série de instalações específicas que imitam movimentos do mar e paisagens subaquáticas. O Sky Lounge e Bar fica no 17o andar, onde os visitantes saem direto dos elevadores para uma janela com vista panorâmica. Na decoração, camadas de tecido instaladas no teto, articuladas em centenas de curvas que balançam com a brisa, imitando a superfície do oceano. Do lado de fora, mais da metade da área do bar se transforma em um grande lago refletindo as chaises e luminárias de chão.

Chaises e luminárias refletidas

Chaises e luminárias refletidas

 

No interior, camadas de tecido no teto imitam o desenho da superficie do oceano. Grandes panos de vidro permitem que a vista e o exterior do rooftop se comuniquem.

No interior, camadas de tecido no teto imitam o desenho da superficie do oceano. Grandes panos de vidro permitem que a vista e o exterior do rooftop se comuniquem.

 

Planta baixa do rooftop do Hilton Hotel Pattaya

Planta baixa do rooftop do Hilton Hotel Pattaya

 

Não é rooftop, mas achei super interessante essa instalação com formas e luz no The Standart Hotel em NY. Com 25 metros de altura e 55 de comprimento, foi posicionada na entrada principal do hotel, levando os hóspedes a caminhar sob a estrutura monumental logo em sua chegada. Banhada com um brilho incandescente, a estrutura promove uma experiência sensorial, “um lugar para admirar, reverenciar, jogar e explorar” de acordo com os artistas. “Nosso objetivo é expandir a consciência, pela diferença que é para cada pessoa e de acordo com o horário do dia ou da noite”.

 

 

 

 

friendswithyou-light-cave-standard-high-line-new-york-designboom-01

A estrutura, organica e repleta de luz. Lembra um grande elefante branco hehehe

 

 

friendswithyou-light-cave-standard-high-line-new-york-designboom-08

Vista de cima, a instalação contrasta com a arquitetura do hotel e os táxis característicos de NY.

 

 

friendswithyou-light-cave-standard-high-line-new-york-designboom-13

A estrutura chama a atenção de quem está no bar e permeia a vista da rua para quem esta no interior.

 

Submit a Comment

Or